Notícias

Pesquisa para Habitação no Centro de Fortaleza

20 de fevereiro de 2019

Ação Novo Centro - moradia

Imagem relacionada Pesquisa para Habitação

Imagem relacionada  No Centro da Cidade de Fortaleza

Imagem relacionada Participe Clique Agui.


Prefeitura lança pesquisa de interesse habitacional no Centro de Fortaleza

O formulário online disponível no Portal da Prefeitura. Além disso, haverá pontos fixos para acessar o formulário físico. 

A Prefeitura de Fortaleza, por meio do Comitê Novo Centro, e em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojista (CDL), lança oficialmente, nesta quinta-feira (14/2), o formulário online da Pesquisa de Interesse Habitacional no Centro de Fortaleza. A ideia é ter uma amostragem de munícipes interessados em residir nessa área da Capital.

A análise foi organizada por integrantes do eixo Habitação do Comitê Novo Centro, que conta com a participação das secretarias do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), Regional do Centro (Serce), Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), além do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea/CE) e do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon/CE).

“Essa pesquisa foi decidida por este grupo e deve nortear a demanda de interesse por habitação no Centro, além de que ela terá um valor importante para os empreendedores que desejarem investir em habitação no Centro”, destaca o representa da Habitafor no Comitê, Antônio Silvestre. Ainda de acordo com Silvestre, a pesquisa é simples e o interessado deve preencher em cerca de cinco minutos todas as perguntas.

A Pesquisa de Interesse Habitacional pode ser acessada aqui. O comitê também articulou pontos fixos, onde o interessado poderá participar da pesquisa:
Observatório de Fortaleza – Rua Major Facundo, 584;
Sinduscon – Rua Tomás Acioly, 840, 8º andar, Joaquim Távora;
Regional do Centro – Rua Major Facundo, 907;
Habitafor – Rua Paula Rodrigues, 304 – Fátima.

Avanços 
Desde o lançamento em agosto do ano passado, o Projeto Novo Centro vem se articulando em atividades, principalmente com a Câmara de Dirigentes Lojistas da Fortaleza (CDL), para entender as particularidades e definir ações de intervenção no Centro. Algumas ações já podem ser observadas como requalificação e ordenamento da Rua Guilherme Rocha que recebeu novo piso e novas estruturas comerciais para os permissionários. Na área habitacional, foram identificados 36 imóveis que podem se tornar habitação, a exemplo de prédios nas Ruas General Bezerril e São Paulo. Na questão legal, o executivo deve apresentar adequações, principalmente nas leis do Aluguel Social e do Retrofit, para que ambas possam ser aplicadas no projeto.
Fonte.: Prefeitura de Fortaleza.

Comentários estão fechados.