Notícias

GCM faz operação contra pirataria e fecha lojas no centro de São Paulo – R7

14 de fevereiro de 2019

Guardas cumprem mandado judicial e devem fechar pelo menos 250 lojas em Shopping 25, na rua Barão de Duprat, no centro da capital paulista

SÃO PAULO
Rafael Custódio
, da Agência Record

Guardas entram em lojas para retirar produtos piratas no centro de SP

Guardas entram em lojas para retirar produtos piratas no centro de SP Willian Moreira/Estadão Conteúdo/14.02.2019

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) de São Paulo realiza, na manhã desta quinta-feira (14), uma operação contra a pirataria no Shopping 25, na rua Barão de Duprat, no centro da capital paulista. Produtos apreendidos somam cerca de R$ 300 milhões.

Pelo menos 100 guardas entraram nas lojas para retirar os produtos considerados piratas no maior centro de compras do país. Eles cumprem um mandado judicial para fechar cerca de 250 lojas.

Entre os produtos pirateados apreendidos estão roupas, sapatos, relógios e acessórios. A delegacia da área é o 1º DP (Sé).

Em nota, a administração do Shopping 25 de Março reitera que desde que firmou o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com a Prefeitura de São Paulo, vem adotando medidas para atender a todas as normas e exigências.

O estabelecimento afirma ainda que desde a adoção do TAC,  já rescindiu mais de 200 contratos de lojistas que não se adequaram ou infringiram as normas de conduta. É importante ressaltar que o Shopping 25 de Março não tem poder de fiscalizar as mercadorias comercializadas por mais de 1.200 lojas, e as medidas punitivas só podem ser adotadas pelo shopping mediante denúncia.

Por esta razão, o Shopping 25 de Março diz que o fechamento de todo o complexo empresarial foi indevido, uma vez que puniu todo o conjunto de lojistas e prestadores de serviços por supostas práticas ilegais de uma pequena parcela.

Fonte R7   Resultado de imagem para r7

 

 

 

Comentários estão fechados.